Fartura

5 hábitos de conversa que podem melhorar suas relações

A resposta? Numa delas, os estudiosos definiram os quatro tipos mais comuns de relações entre eles e elas. Dispostos a descobrir isso, uma equipe de professores da Universidade de Wisconsin-Eau Claire, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa com adultos, com idades entre 18 e 52 anos, que mantinham amizade com pessoas do sexo oposto.

Conhecer garotas brasileiras 865601

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Ao final da entrevista, encontra-se a listagem dos principais trabalhos levados a cauda pelo antropólogo Jordi Roca. Penso em uma hipótese que pode ser interessante. Cultura: a mulher eslava fria e distante, educada, culta, preparada, com bons modos, mais civilizada. Uma evidência atual: a idade de casamento se retardou consideravelmente e mais ainda a idade de ter o primeiro filho. O que une essas mulheres? Assim o expressam alguns homens pesquisados, que dizem, por exemplo, que a mulher latina é caliente, a mulher eslava é fria e a mulher espanhola é temperada ou morna, quer dizer, nem fria nem caliente. JORDI: Em grosso, um homem mais velho, com plano educacional médio-baixo, divorciado, com filhos que vivem com a ex-mulher.

Conhecer garotas brasileiras se 975229

Giro VEJA - sexta 17 de junho

Bobagem, meros joguinhos. O que parece próprio fazer o affair deslanchar é acreditar alguém com as mesmas intenções que você: relacionamentos duram quando as duas pessoas têm níveis de comprometimento parecido, segundo um levantamento de um time de pesquisadores da Universidade de Minnesota. Eles analisaram os perfis e vídeos de 78 casais discutindo para tentar resolver o problema que mais lhes incomodava. Também foi avaliado como os parceiros tentavam acalmar um ao outro. Resultado: os casais com diferença de comprometimento foram os que demonstraram restante hostilidade e tendência ao rompimento. Quando os dois eram superempenhados ou superdesencanados, a tendência era ficar tudo benefício. O tiro pode sair pela culatra. Prepare um jantar romântico Nada disso. Esquentar um relacionamento que anda método morno — como dizem as revistas femininas — exige maior quebra de expectativa.

2. Cuide da empatia

A equipe da BBC News Brasil lê para você algumas de suas melhores reportagens Episódios Fim do Podcast Durante seus estudos para obter o ponto de PhD em comportamento organizacional na Universidade norte-americana de Harvard, Huang convidou mais de participantes para o seu laboratório e pediu que eles conversassem em pares por 15 minutos por um aplicativo de mensagens instantâneas online. Nós gostamos de falar sobre nós mesmos, mas subestimamos os benefícios de deixar que os outros façam o mesmo — o que prejudica os nossos relacionamentos. Com pessoas estranhas, podemos ser um pouco mais cautelosos com essas suposições. Geralmente, segundo ele, é muito melhor perguntar à pessoa o que ela realmente pensa e sente que tentar adivinhar. Durante um experimento, os participantes foram distribuídos em grupos de três pessoas. Em seguida, cada trio se reuniu e pediu-se a um dos membros que descrevesse o vídeo a que havia assistido, enquanto os demais ouviam por dois minutos. E isso pode formar uma troca de palavras comovente, mesmo se você nunca mais encontrar aquela pessoa recente. Como você se sairia em seus relacionamentos? Elas recrutaram participantes, que foram divididos em 3 grupos.

Comment

Leave a Reply